Como dizer não?

Como dizer não?

como dizer não

Existe uma conotação negativa em dizer não. Muitas vezes, acabamos a concordar com coisas que não nos fazem felizes, não nos deixam entusiasmadas e não nos acrescentam porque nos sentimos culpadas em dizer que não. Mas não fazermos algo que não é útil para nós não é um ato de egoísmo – é um ato de amor próprio. Neste artigo, explico-te como dizer não.



Porque é que é importante?

Antes de mais, partilhar uma frase que acredito que defina na perfeição a importância de dizer não: “Quando dizemos que sim a alguma coisa, estamos a dizer que não a outra”. Sendo o nosso tempo limitado, o que fazemos com ele tem impacto na nossa vida. Se estivermos preocupadas em agradar todos à nossa volta, é possível que acabemos a deixar aquilo que nos faz feliz e nos realiza para trás.


Se concordamos ir a um jogo de futebol com o nosso companheiro e tiramos zero de satisfação da experiência, é possível que estejamos a abdicar de tempo para nós, de tempo para ler, para cuidarmos de nós próprias ou até para ir jantar com as amigas. No fundo, de utilizar o tempo em algo que é proveitoso para nós.


Isto significa que devemos negar-nos a tudo? Claro que não. O segredo é encontrar o equilíbrio entre as concessões que são precisas para uma boa convivência familiar, profissional e social, e aquilo que nos faz realmente felizes.


Dizer que não, não faz de nós más pessoas, antes pelo contrário. Faz de nós pessoas que respeitam o nosso tempo e o tempo dos outros. Que se respeitam a elas próprias e aos outros. Quando não estamos completamente presentes em algo, também não é fácil sermos a melhor companhia.



Quando devemos dizer não?

Devemos dizer não em momentos quando não temos vontade de fazer algo, não nos acrescenta, não temos tempo ou nos deixa desconfortáveis. Se algo não nos traz benefícios a nível pessoal, a nível profissional e a nível social, não faz sentido usarmos o nosso tempo limitado nessas atividades. Não devemos aceitar fazer algo que nos obriga a sair da nossa zona de conforto quando não nos sentimos preparados para o fazer e, acima de tudo, devemos dizer que não quando nos vendem ou oferecem algo que não queremos ou precisamos.


No fundo, temos de ter em mente as nossas prioridades e compreender se aquilo com que estamos a concordar está alinhado com os nossos objetivos. Temos de valorizar o nosso tempo e, acima de tudo, não querer agradar a todos.



Porque não conseguimos dizer não?

Temos dificuldade em dizer não porque:

  • Queremos agradar os outros;
  • Temos receio de possíveis conflitos;
  • Queremos ajudar os outros;
  • Temos receio de ser mal entendidos;
  • Achamos que dizer não é algo cruel:

Como referi acima, infelizmente negar-nos a fazer algo é visto como uma forma de rejeição na nossa sociedade. Nós próprias sentimo-nos de alguma forma a rejeitar o outro e acabamos por ficar desconfortáveis com a nossa própria assertividade, no entanto, o segredo é saber como dizê-lo. É ser educada, ser honesta e não só saber dizer, como ouvir um não.



Como dizer não?

Para facilitar este momento, quero partilhar contigo como dizer não de forma assertiva e educada. Adapta estas frases ao momento correto e, acima de tudo, sê sincera. Se não queres fazer algo, não tenhas receio de o dizer. Lembra-te que dizer não, não te torna má pessoa!

  1. “Infelizmente, não consigo ajudar-te porque tenho outras prioridades no momento. Mas terei o maior gosto em fazê-lo numa próxima oportunidade.”
  2. “Gostava muito de conseguir ter o tempo para te ajudar, mas infelizmente neste momento não tenho disponibilidade. Podes fazê-lo na semana x?”
  3. “Neste momento não consigo falar, no entanto podemos combinar às x horas?”
  4. “Agradeço muito o convite, mas infelizmente não tenho disponibilidade neste momento”.
  5. “Não tenho a certeza de ser a melhor pessoa para te ajudar com isso, mas posso dar-te o contacto de pessoa x”
  6. “Neste momento tenho outras prioridades, mas terei isso em consideração”.
  7. “Não posso fazê-lo neste momento, mas agradeço muito teres-te lembrado de mim”.
  8. “Não consigo mesmo avançar este momento, fica para uma próxima?


Espero que este artigo te tenha ajudado a compreender que dizer não, não tem de ser uma coisa negativa. Dizer não é um ato de respeito, por ti, pelo teu tempo e pelas outras pessoas à tua volta. Acompanha-me também no instagram para mais partilhas de minimalismo, bem-estar, gestão do tempo, produtividade e organização.



Gostaste deste artigo? Guarda-o no Pinterest

1 Comment

  1. joana carvalho

    bom dia Cláudia
    obrigada pela partilha…. tenho sempre esse “drama”…. e muitas vezes me vejo afogada em mil coisas para fazer para os outros e sem nenhum tempo para mim…..
    obrigada, vou pensar duas vezes antes de dizer sim….
    bom fim-de-semana
    beijinhos
    joana

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *