5 hábitos que prejudicam a tua saúde mental

5 hábitos que prejudicam a tua saúde mental

hábitos diários que prejudicam a tua saúde mental

Será que tens a consciência de quanto os hábitos negativos prejudicam a tua saúde mental?


É curioso, mas eu própria me surpreendi quando comecei a pesquisar mais sobre a forma como os nossos hábitos diários impactavam a nossa saúde mental. Todos nós, de uma forma natural, este impacto à nossa saúde física. Sabemos que ter uma dieta desequilibrada pode ser o motivo do aparecimento de uma doença cardíaca, mas nem sequer pensamos no impacto que pode ter na nossa saúde mental.

Neste artigo, quero ajudar-te a compreender que existem hábitos, que podes ter implementados no teu quotidiano, que estão a prejudicar a tua saúde mental, proporcionando-te mais stress, ansiedade, sentimentos de culpa ou falta de confiança.



5 Hábitos Diários que Prejudicam a tua Saúde Mental

Passar demasiado tempo no telemóvel

Como já partilhei contigo, reconheço os benefícios da tecnologia, no entanto faço questão de utilizá-la no meu quotidiano de forma disciplinada para evitar o que de menos bom advém do vício de estar sempre conectada. Estares constantemente presa às notificações gera ansiedade e o sentimento de não estares a conseguir acompanhar (o chamado FOMO), algo que a longo prazo vai efetivamente prejudicar a tua saúde mental. Existe ainda a questão da procura de gratificação imediata nas redes sociais, que pode ter graves impactos na tua autoconfiança e na forma como olhas para ti própria.


Procrastinar

Caso não estejas familiarizado com o termo, a procrastinação é o ato de sucessivamente adiar tarefas ou compromissos que não queres ou gostas de fazer. Procrastinar, a curto prazo, pode até trazer-te uma satisfação imediata, no entanto a longo prazo, vai trazer-te sentimentos de culpa e de ansiedade. Para evitar a procrastinação, é necessária uma grande autodisciplina, porque esta ação está diretamente ligada com o fato de, enquanto seres humanos, fazermos tudo para evitar a dor. Se existe uma tarefa que de alguma forma traga desconforto, inconscientemente vamos tentar evitá-la ao máximo. O problema é que, se nos deixarmos levar por este sentimento, iremos sentir as consequências na nossa saúde mental.


Não ter um estilo de vida saudável

Fazer uma alimentação pouco saudável e viver uma vida sedentária são hábitos que prejudicam a nossa saúde mental. Nesta fase, existem estudos sólidos que provam que uma dieta desequilibrada, rica em açúcares, carne vermelha e alimentos processados, tem uma relação direta com o risco de depressão. Isto significa que uma dieta equilibrada é vantajosa tanto para a saúde física quanto para a saúde mental. Já o exercício físico ajuda a produzir endorfinas, que contribuem para a sensação de bem-estar, e a libertar o corpo do stress diário, tendo também impactos positivos na redução do risco de depressão.


Não sair de casa

Com o aparecimento da pandemia, muitos de nós alterámos os nossos hábitos e passámos a estar mais tempo dentro da nossa casa. Não demorou muito para começarmos a assistir ao aumento de casos de depressão e para este ser um tema frequentemente falado na comunicação social. A razão é simples: a falta de luz solar e de vitamina D contribuem para o aumento de sentimentos depressivos. Sair de casa, apanhar ar fresco e luz natural tem um contributo direto para a nossa saúde mental e deve tornar-se um hábito diário.


Dormir pouco

São muitas as pessoas que não dão o devido valor às horas de sono corretas. Dormir pouco é um dos hábitos que mais prejudicam não só a nossa saúde mental, como a nossa saúde física. É à noite que o nosso corpo regenera e está efetivamente preparado para descansar e “desligar”. Dormir pouco pode dificultar a concentração, e gerar mau humor e irritabilidade.



Aproveita este artigo para fazeres uma análise a quais destes hábitos tens implementados na tua vida e começa já a trabalhar para que possas melhorá-los. A longo prazo, os hábitos desta lista podem ser verdadeiramente prejudiciais para o teu bem-estar.

Segue-me no Instagram @claudia_ganhao para mais dicas sobre hábitos minimalistas, produtividade, gestão de tempo e bem-estar.



Programa EVOLUIR

Se precisas de ajuda para implementar hábitos que tenham um impacto positivo na tua saúde mental e na tua vida de forma geral, junta-te ao Programa EVOLUIR.
A adoção de hábitos de forma minimalista é a base deste programa, onde mensalmente ajudo mulheres a implementar ou solidificar diferentes hábitos. Os hábitos minimalistas tiveram um impacto muito grande na minha vida e, hoje em dia, sinto que a minha missão é ajudar mulheres a compreender o impacto que pode ter nelas. Não percas esta oportunidade de impactar a tua vida e junta-te a mim no EVOLUIR!



Se gostaste deste artigo, guarda-o no Pinterest

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *