Minimalismo, 15 coisas que deixei de comprar

Minimalismo, 15 coisas que deixei de comprar

coisas que deixei de comprar

Depois de anos a acumular coisas desnecessárias, tornei-me mais consciente na hora de comprar, muito graças ao estilo de vida minimalista que adoptei. Exatamente por isso, há uma série de coisas que deixei de comprar pois percebi que não tinha real necessidade das mesmas.

Quais foram então as coisas que deixei de comprar?

15 Coisas que deixei de comprar

1. CD’s e DVD’s

Com a internet, o Youtube, serviços como o Spotify, o Netflix e o Homevideo, tornou-se desnecessário o investimento em CD’s e DVD’s, pois facilmente posso ter acesso aos mesmos de forma digital e sem ocupar espaço em casas.


2. Revistas e Jornais

A grande maioria das revistas e jornais já existem em versão digital, por isso deixei de sentir necessidade de comprar as versões físicas das mesmas, pois é algo que rapidamente passa a obsoleto.


3. Água engarrafada

Durante anos só consumi água engarrafada, pois o sabor da água da torneira era algo de que não gostava. Foi uma mania que me passou! A água canalizada é, salvo expeções, segura e muito boa! Caso seja importante para ti, existem também várias opções no mercado (como os filtros de carvão activado, por exemplo) que tratam a água.


4. Sacos de Plástico

Nunca mais! Ando sempre com o meu saco reutilizável na mala e tenho vários no carro, por isso hoje raramente aceito sacos de lojas – só abro apenas excepção para alguns de papel.


5. Souvenirs de viagens

Quando vamos viajar, gostamos de trazer alguma recordação connosco ou para oferecer a familiares e amigos ou para nós próprios – é o normal. Contudo, foi algo que deixei de trazer aos poucos, pois as coisas que de cada país ou cidade rapidamente passavam a “tralhinhas”, sem valor ou significado. Hoje prefiro tirar centenas de fotos e posso até trazer alguma comida/bebida típica, mas chamo a família para uma sessão de fotos acompanhada da iguaria local! Assim até desfruto a dobrar!


6. Coisas “just in case”

Um berbequim, um escadote ou uma boleira para transportar bolos… E muitas outras coisas do género cabem nesta categoria. Se hoje em dia não tiver e precisar muito, simplesmente peço emprestado e está feito, até porque se pensarmos bem, estamos muitas vezes anos sem precisar destas coisas.


7. Coisas para ocasiões especiais ou utilização única

Por exemplo roupas de festa ou temáticas. Há que puxar pela imaginação e adaptar o que temos. Podemos até pedir emprestado ou alugar. Menos coisas a encher o roupeiro e que possivelmente nunca mais voltaríamos a utilizar.


Poderás gostar de ler Comprar como um Minimalista

8. Presentes para datas comemorativas (dia dos namorados, dia da mãe)

Preparar uma surpresa, um jantar romântico, um passeio ou até uma experiência mas não precisamos de ir na onda do consumo desenfreado e comprar um coraçãozinho, ou uma almofada com a inscrição “para a melhor mãe do mundo”…


9. Discos desmaquilhantes

Os discos de algodão e de utilização única deixaram de fazer parte da lista de compras! Só utilizo os discos desmaquilhantes reutilizáveis e sou super fã!


10. Produtos de uso específico

E aqui cabem, por exemplo, a panela que só coze arroz ou o descascador de maçãs, ou seja artigos que seja específicos para uma determinada coisa e que podem ser facilmente substituídos por outros, mais versáteis.


11. Itens para uma vida imaginária

Como quem sonha ir diariamente ao ginásio e compra uma série de roupa para ir treinar, mas na realidade dificilmente vai fazê-lo – e este é só um exemplo. Não compres coisas para algo que queres ou gostavas de fazer, compra somente quando tiveres real necessidade da mesma!


12. Compras por impulso

Passar numa montra, ver aquele casaco de cor camel lindo de morrer, entrar na loja, comprar e já está! Estou a habituar-me a ponderar, a esperar e a pensar na real necessidade de tudo o que pretendo comprar. Ainda assim, confesso que este passo está a ser difícil para mim mas, como digo sempre, é um caminho. Pelo menos estou consciente do facto e a tentar melhorar!  


13. Só porque estão em saldos

Isto é muito idêntico ao que referi acima. Comprar algo só porque está com um desconto formidável, sem ponderar e analisar a sua real necessidade.  


14. Coisas que já tenho

Algo que me acontecia com alguma frequência: comprar alguma coisa que já tinha só porque não sabia onde estava ou nem sabia que tinha. Esta parte foi algo que melhorou imenso na minha vida desde que destralhei e simplifiquei a minha vida ao máximo, por isso só posso recomendar o estilo de vida minimalista e os seus benefícios.  


15. Coisas que não combinam com o que já tenho

Uns sapatos lindos, mas que não combinam nem com o meu estilo nem com nada do que já tenho no meu guarda-roupa. Aquela peça de decoração fantástica, mas que não combina com nada do que tenho em minha casa. Enfim, mais uma vez é avaliar, pensar, ponderar e comprar em consciência!

Estas coisas que deixei de comprar parecem apenas pequenos gestos mas, na realidade, têm um grande impacto no meio ambiente e na nossa carteira!  


HANDS ON™️: Destralha e Organiza a tua casa

Comprar menos e de uma forma mais consciente ajudou, acima de tudo, a que passasse menos tempo a limpar e a arrumar a minha casa, porque esta acaba por estar naturalmente mais organizada. Para te ajudar no processo, criei o HANDS ON™️: Destralha e Organiza a tua casa para teres uma casa mais organizada, livre de tralha e com cada coisa no seu lugar! Passa menos tempo a arrumar e usufrui da leveza de uma casa alinhada com as tuas necessidades e essência.


Guia Básico para Simplificar a Vida

Faz o donwload gratuito deste Guia Básico para Simplificar a Vida, cheio de dicas para te ajudar a viver com menos – menos coisas, menos preocupações, menos confusão e muito mais plenitude.


.

Se gostaste deste artigo, guarda-o no Pinterest

26 Comments

  1. Giulianna

    Oi Cláudia! Como você administra o lixo orgânico? Eu uso sacolinhas biodegradáveis de supermercado, mas não sei como substituí-las.

    1. claudia

      Olá Giulianna,
      Eu faço como você, mas uma das formas é despejar directamente o lixo no contentor, deixando assim de usar sacos.

    2. Rosana Gomes Coelho

      Olá Cláudia. Ótimas as suas dicas e vivência do minimalismo. Obrigada por compartilhar sua experiência.

      1. claudia

        Olá Rosana,

        muito obrigada pelas suas palavras e por estar desse lado. Só assim faz sentido! Bjs

  2. Carolina

    Não dá presente de dia das mães? Isso só é admissível se o sujeito não tiver mãe. Faço questão de dar presentes em todas as datas! E presentes bons, nada de almofada com inscrições.

    1. claudia

      Olá Carolina, claro que dou, mas sempre experiências e momentos em vez de coisas!
      Obrigada

  3. Isabel Pereira

    Olá Cláudia!
    Fiquei surpreendida com a tua referência aos discos desmaquilhantes reutilizáveis. Desconhecia a sua existência. Onde se podem comprar? Alguma marca ou referência em especial?
    Beijinho

    1. claudia

      Olá Isabel
      Eu uso estes https://amzn.to/2SFDGNj e adoro!
      Comprei na Amazon espanhola, chegou super rápido são super económicos.

      Bjs

  4. Filipa Marcelino

    Olá Cláudia. Muitos parabéns pelo seu blog, super útil e actual. Uma questão apenas (cuido muito da minha pele e uso muitos discos desmaquilhantes descartáveis) : onde encontrar os discos reutilizáveis? Obrigada. Filipa

    1. claudia

      Olá Filipa,

      Muito obrigada pelas suas palavras!
      Eu compro estes https://amzn.to/2SFDGNj e adoro!
      Comprei na Amazon espanhola, chegou super rápido são super económicos.

      Bjs

  5. Carlos Sanchez

    Olá! Puxa eu já era minimalista há muito tempo e não sabia! Sempre tive essa linha de pensamento de evitar compras que não são realmente necessárias.

    1. claudia

      Olá Carlos, e faz muito bem!

  6. Sónia Vitória

    Olá Claudia, estou feliz, porque afinal sempre fui minimalista em quase todos os 15 items. Vou tratar da situação dos discos desmaquilhantes, trazer sempre sacos na mala, só tenho no carro e tenho mesmo de destralhar a cozinha. Boa

    1. claudia

      Que bom Sónia!!! Está no bom caminho!
      Um beijinho

  7. patriciarothstein

    Querida Cláudia, estou adorando suas partilhas. Adorei a dica dos discos desmaquilhantes, já vou adotar. Algumas das dicas já tenho como hábito, outras a cada dia mais tentar implementar. Beijinhos

    1. claudia

      Olá Patrícia, fico imensamente feliz com o seu feedback!
      Vamos juntas nesta caminhada.
      Beijinhos

  8. Neusa Mourão Pedroza Ferreira

    Olá Cláudia!
    Feliz demais com suas publicações. Estão me ajudando bastante e venho compartilhando tb com as amigas e familiares.
    Obrigada ❤️

    1. claudia

      Querida Neusa, obrigada pelo carinho 💛 nem imagina como me faz feliz!!
      Um abraço 😘

  9. Victor

    Tem que tirar o carro da sua lista também. Quando realmente precisar, vá de uber ou alugue um.

    1. claudia

      Olá Vitor, cada coisa tem de ser analisada caso a caso!

  10. Liliana

    Olá Cláudia! Obrigada pela sua partilha, gosto muito de ler os seus artigos. Abrem a nossa mente, para sermos seres mais conscientes e conseguirmos aproveitar os momentos sem perder tempo com outras coisas fúteis. O meu grande desafio será destralhar…sou uma pessoa que gosta de guardar as coisas porque um dia podem fazer falta…porque já fizeram!

    1. claudia

      Olá Liliana, obrigada pelas palavras!
      Destralhar é sem dúvida um processo, no seu caso aconselho a fazê-lo devagar, pode por exemplo recorrer ao desafio 28 dias a destralhar: http://claudiaganhao.thinkific.com/courses/desafio-28-dias-a-destralhar
      Um beijinho

  11. Stefânia

    Oi Cláudia, tudo bem?
    Eu estou iniciando uma vida minimalista. Não eh difícil para mim, sempre tive uma mente consciente e equibrada. Mas gostaria de saber como você faz com lixo, você não usa sacolas plásticas ?

    1. claudia

      Olá Stefânia, espero que estejas bem!
      Uso sim, tento escolher as que biodegradáveis.

  12. Elaine

    Iniciei as pesquisas sobre esse novo modo de vida recentemente, no entanto já pensava na sustentabilidade e algumas coisas já praticava.
    Adorei todas as dicas e também os comentários.

    1. claudia

      Olá Elaine, bem-vinda! Que seja caminho de muito conhecimento e sabedoria!🤍

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado.