Minimalismo

Porque acumulamos tanta coisa?

acumular

Coisas, tralhas, objectos… A maior parte de nós tem mais coisas do que alguma vez necessitou ou irá necessitar, ter muitas coisas passou a ser o novo normal! Mas porque acumulamos tanta coisa?

A realidade é que a maior parte da nossa actual tralha não começa como tralha, são coisas que nos são úteis em determinado momento e que depois deixam de o ser. No entanto sentimo-nos incapazes de nos livramos da tralha, sentimos culpa, temos receio…

Poderás gostar de ler Efeitos negativos do excesso de tralha

Estamos a encher as nossas casas e vidas de tralha sem nos apercebermos do que está a acontecer. Além disso estamos a aumentar o consumo desnecessário e a prejudicar severamente o meio ambiente!

Porque acumulamos tanta coisa?

Estas são as causas desta situação irreal que vivemos e que perpetuamos para os nossos filhos.

– Ter em vez de Ser

Vivemos numa sociedade consumista e capitalista, onde o ter é valorizado face ao ser. Onde somos erradamente avaliados pelas nossas posses.

– Medo do futuro

Pode até ser algo que não precisamos neste momento no entanto guardamos com receio de um dia voltar a precisar, ou algo que vamos adquirir exactamente pelo mesmo motivo. O famoso just in case!

– Vínculo ao passado

Receio de deixar ir algo que já nos foi útil, ou que representou uma fase importante da nossa vida. Dificuldade de praticar o desapego e de viver no presente. Nunca se esqueça que as memórias estão em nós e não nas coisas!

Poderás gostar de ler 30 coisas que deves deitar fora
– Para melhorar a nossa vida

Achamos que se comprarmos algo nos iremos sentir melhor, ou divertimo-nos mais ou sermos melhor pessoa. Ai a magia do marketing a funcionar!

– Para resolver um problema

Complicamos a nossa própria vida, criamos problemas e necessidades desnecessárias. Desde quando é que os utensílios normais não são suficientes para as tarefas de sempre? Para quê uma panela de arroz ou um cortador de pizza ou uma ralador de courgette?

– Pensamos que necessitamos

Porque somos muitas vezes ludibriados pelas fortes campanhas de marketing. Porque entramos numa espiral de consumo insana. Porque não pensamos nem reflectimos nas nossas reais necessidades.

– Culpa

Porque investimos tempo e dinheiro naquela coisa. Porque não queremos admitir que erramos.

A verdade é que toda esta tralha nos drena energia e tempo e ocupa espaço. A tralha física origina tralha mental, tornando difícil pensar com clareza!

Está portanto nas nossas mãos reverter a situação, em primeiro lugar parar com a espiral de consumo desnecessária e em segundo lugar livrarmo-nos da tralha que só nos impede de vivermos uma vida mais leve, mais simples e com mais tempo livre!

Aconselho ainda a leitura deste livro Adeus, Coisas.

Para saberes sempre porque acumulamos tanta coisa guarda este artigo no Pinterest


Mais conteúdo sobre Minimalismo nas minhas redes sociais: Instagram Facebook | Pinterest

Cláudia Ganhão | Especialista em Minimalismo

(Visited 1.316 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *