Minimalismo

Quais as Regras do Minimalismo

Regras do Minimalismo

Adoptar um estilo de vida Minimalista, Ser Minimalista parece algo muito complexo, cheio de restrições e de regras!

Hoje quero falar-vos de um dos grandes mitos do minimalismo – As Regras do Minimalismo. Mas terá o Minimalismo regras? E quais são afinal as regras do minimalismo? 

Regras do Minimalismo

O Minimalismo é uma filosofia de vida super flexível e onde cabem somente duas “regras” muito simples, às quais me recuso terminantemente a apelidar de “regras” e que intitulo apenas de princípios de vida!

Em primeiro lugar devemos de Identificar o que é realmente importante e essencial na nossa vida e em segundo lugarEliminar tudo o resto! 

O Minimalismo não é nada de complexo ou super regrado, é sim um estilo de vida super flexível e prático, que varia de pessoa para pessoa. Pois o que é essencial e importante na minha vida, pode não ser na vida de outra pessoa e está tudo bem! Daí que o minimalismo seja pessoal e intransmissível. Não obriga a que se tenha de fazer isto ou aquilo, ou seja é totalmente isento de regras.

Poderá gostar de ler O que é o Minimalismo

O Minimalismo é uma ferramenta ou o caminho, que nos ajuda a viver a vida com que sonhamos, mas não é o destino final. Portanto tudo aquilo que supostamente temos de fazer para sermos Minimalistas, tal como Destralhar tudo o que temos em casa, ter 30 peças de roupa para vestir, viver num T0, etc. não é Minimalismo, pois não?


Minimalismo não é sobre Destralhar ou ser Eremita, assim como o Estilo de vida saudável não é sobre dietas. As Regras do Minimalismo somos nós que as fazemos e de forma consciente. De acordo com o nosso propósito, com a nossa intenção e sempre com o nosso coração!


Sou Minimalista à minha maneira


Portanto, eu sou Minimalista à minha maneira: destralhei e destralho muito, pois só quero ter na minha casa os objectos que utilizo e que me fazem feliz. Tenho um armário cápsula, pois para mim a roupa era uma obsessão e uma compulsão. Ttinha um roupeiro (vários) atulhados de roupa e isso causava-me imenso stress na hora de vestir.

Assim como ter uma agenda sempre cheia e não ter tempo para nada, era algo que me consumia e me causava uma ansiedade tremenda. Por isso hoje vivo mais devagar e não perpetuo uma busy life, priorizo o essencial da vida, as pessoas e não as coisas. E tu, desse lado podes ser Minimalista à tua maneira e fazer o teu caminho para a vida com que sempre sonhaste, acredita!

[aconselho também a leitura do Blog do Leo Babauta que fala de uma forma muito simples acerca das Regras do Minimalismo].


Espero que este artigo tenha ajudado a desmistificar o Minimalismo e as suas supostas Regras.

Beijinhos * Cláudia 

Mais conteúdo sobre Minimalismo, Desenvolvimento Pessoal e Sustentabilidade nas minhas redes sociais: Instagram | Facebook | Pinterest

Para ter as Regras do Minimalismo sempre à mão, guarde este artigo no Pinterest

regras do minimalismo
(Visited 523 times, 3 visits today)

4 thoughts on “Quais as Regras do Minimalismo”

  1. O Minimalismo resume se ao SER e não ao ter ,coisa que nos dias de hoje e na sociedade que temos não é fácil,mas quem é capaz do o fazer certamente é muito mais feliz consigo e com todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *