Minimalismo Sustentabilidade

Como evitar o desperdício alimentar

O desperdício alimentar é um dos maiores desperdícios de recursos naturais da actualidade, o que não deixa de ser irónico, pois há cerca de 113 milhões de pessoas no nosso planeta que passam FOME!!! (dados da ONU de Abril de 2019)

Quando alguém desperdiça comida, há noutro local do mundo alguém que passa fome, fome severa! Estamos a desperdiçar recursos que poderiam ser alocados para outros propósitos, estamos a deitar fora a comida que podia alimentar outros seres humanos!

Mas podem dizer-me assim: “Ok Cláudia, tens razão, mas se eu não deitar comida isso não significa que outra pessoa no meio de África tenha uma refeição!”

Toda a razão, mas é o princípio que está subjacente ao desperdício. Ao deitarmos comida fora desperdiçamos recursos naturais a produzi-la, a transportá-la, a prepará-la e por fim a descartá-la. Poluímos o meio ambiente na mesma medida, a produzir, transportar, preparar e a descartar algo que afinal não nos faz falta.

Ou seja, alocamos recursos insubstituíveis para algo que é completamente inútil!

Podemos facilmente evitar o desperdício alimentar, basta adoptar no nosso dia-a-dia e na nossa casa algumas boas práticas!

Como evitar o desperdício alimentar em nossas casas

Planear as refeições semanais

Planear as refeições que vamos preparar ao longo da semana e criar a nossa ementa semanal, evita a que desperdicemos ingredientes que já temos em casa ou que não saibamos quais o que temos de comprar.

Elaborar uma lista de compras

Sempre antes de irmos às compras devemos de elaborar a nossa lista. Que deve ser feita de acordo com a ementa semanal e as faltas que temos em casa. Não devemos de comprar produtos logo se vê o que depois preparo com isto, o mais provável é que se estrague e que vá parar ao lixo!

Comprar menos quantidade de cada vez

As grandes compras mensais podem parecer que nos ajudam na gestão da nossa vida doméstica, mas a realidade é que temos sempre tendência a comprar mais do que necessitamos e muitos desses alimentos acabam por se estragar pois não são utilizados em tempo útil.

Ter atenção aos prazos de validade

Se tiver de comprar produtos que estejam sujeitos a um prazo de validade, verifique o mesmo e escolha os de prazo mais alargado.

Escolher os ovos | o que escondem os códigos

Escolher fruta e legumes da época

Para além de serem os que o nosso organismo necessita na respectiva altura do ano, são os que têm uma durabilidade maior, pois não foram sujeitos a processos forçados de crescimento e amadurecimento.

Organizar o frigorífico

Ter o frigorífico organizado onde é fácil encontrar todos os alimentos e saber o que este contém é meio caminho andado para evitar o desperdício e compras desnecessárias.

Começar por utilizar os hortícolas e as frutas mais maduras

É uma questão de bom senso, mas é também um passo importante para evitar desperdício. Começar sempre por utilizar os hortícolas e frutas mais maduras e só depois as mais verdes, uma espécie de regra do first in first out na alimentação.

Descodificar os Rótulos Alimentares

Confecionar as refeições nas quantidades adequadas

Confeccionar a quantidade adequada para o número de pessoas que vai comer a refeição e utilizar métodos culinários saudáveis, é outra das forma de evitar o desperdício alimentar.

Conservar de forma adequada os alimentos

Quer seja na despensa, frigorífico ou congelador, conservá-los de forma adequada evita que se deteriorem com facilidade.

Aproveitar todos os alimentos

Quer sejam confeccionados ou em fase pré deterioração e como poemos fazer:

  • Congelar os alimentos confecionados que sobrarem ou coloque-os no frigorífico em recipientes apropriados.
  • Utilizar a fruta amolecida para preparar batidos de fruta ou fruta cozida/assada.
  • Reaproveitar as sobras de batatas do dia anterior para fazer a base de uma sopa ou um puré de batata.
  • Utilizar as sobras de peixe ou carne, para preparar uma salada ou um empadão.
  • Aproveitar sobras de hortícolas para confecionar uma sopa ou um esparregado.
  • Fazer torradas ou tostas com o pão duro.
  • Aproveitar a água da cozedura dos legumes para sopas e/ou cozidos.

São algumas das medidas de reaproveitamento que podemos introduzir na nossa cozinha e que contribuem para evitar o desperdício!

Adoptando estas 10 boas práticas na nossa cozinha estaremos a economizar dinheiro e a evitar o desperdício de recursos que tanto nos preocupa actualmente!

Tem mais dicas? Se sim, adorava que partilhasse mais sugestões comigo!

Para evitar o desperdício alimentar guarde este artigo no Pinterest


Mais conteúdo sobre Minimalismo nas minhas redes sociais: Instagram Facebook | Pinterest

Cláudia Ganhão | Coach & Especialista em Minimalismo

(Visited 1.475 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *