Minimalismo Organização

O que é um Bullet Journal

o-que-é-um-bullet-journal

Na era da tecnologia confesso que ainda não sou uma fã da mesma no que diz respeito ao meu planeamento e notas.

Continuo a usar agenda em papel e vários cadernos para diferentes propósitos, no entanto desde o início de Abril que mudei a minha forma de registo e comecei a usar o método Bullet Journal, também conhecido por BuJo.

Tive o primeiro contacto com o Bullet Journal [Bujo] na leitura do livro do Ryder Carroll e gostei tanto do mesmo que o coloquei logo em prática.

Poderá gostar de ler

Como ser mais produtivo e ter mais tempo livre

O que é um Bullet Journal

É uma ferramenta simples, prática e totalmente customizável, que serve para registar tudo o que precisamos de fazer: o planeamento, a agenda, as lista de tarefas, as check-lists, etc. Assim como, registar os nossos pensamentos, notas, desenhos, entre outras coisas.

Qual a diferença entre o BuJo e uma agenda convencional

Na agenda convencional temos de preencher e seguir uma sequência de campos pré-determinadas. Além de que a maior parte das agendas não são suficientes para registar e anotar tudo o que necessitamos, acabado por termos outros cadernos para registar todas as outras necessidades.

Minimalismo e o Bullet Journal

Eu sofria desse mal, pois para além da agenda tinha vários outros cadernos. Um para a lista de tarefas, locais a visitar, lista de livros a ler, etc., outro com o planeamento e a lista de tarefas do meu site, outro para frases inspiradoras, um diário de gratidão e para qualquer lado que ía andava sempre carregada de cadernos e isto era totalmente um contra senso no meu estilo de vida mais minimalista.

A promessa de um único caderno onde pudesse registar toda a minha vida e escrever todas as minhas necessidades era um sonho tornado real, o Minimalismo aplicado também a essa área da minha vida, por isso não tinha como não aderir ao método Bullet Journal.

Exemplo de um Bullet Journal

O que é necessário para iniciar um BuJo

  • Um simples caderno de linhas, quadriculado, liso ou pontilhado, que não deve de ser nem muito grande nem muito pequeno. Eu estou a usar este caderno com pontinhos, que para mim tem o tamanho ideal, é A5 e tem 215 páginas, portanto muito onde escrever, além de ser lindo!
  • Uma caneta ou lápis
  • Uma régua

Conceitos Chave

  • Índice – Serve para encontrar os conteúdos no Bullet Journal através de tópicos e respectivos números de página.
  • Registo futuro – Serve para anotar as tarefas futuras que não entram no mês corrente.
  • Registo mensal – Dá uma perspectiva geral das tarefas prevista para o mês.
  • Registo diário – É o local onde registamos rapidamente as ideias e tarefas do dia.
  • Registo rápido – Devem ser usadas notas curtas e símbolos para rapidamente categorizar e priorizar os pensamentos e registos, pelas diferentes secções: Notas (-), Eventos (o) e Tarefas (.)
  • Colecções – O BuJo é modular e para além das colecções base (Índice, Registo futuro, Registo Mensal e Registo Diário), podemos e devemos de criar outras colecções de que necessitemos, por exemplo: lista de livros a ler, objectivos a curto prazo, Lista de passwords, etc.
  • Migrar – Todos os meses faz-se uma limpeza dos registos no cadernos, eliminando o que não interessa e migrando o que interessa.

O Bullet Journal não é para mim, pois não tenho jeito para desenhar

Eu pensei exactamente o mesmo, pois quando comecei a pesquisar mais e a ver vídeos e fotos na internet pensei: isto não é para mim, pois não sei desenhar e nunca vou ter um Bullet Journal assim bonito, colorido e atractivo!

Mas o Bullet Journal não é só para ser bonito, a sua verdadeira finalidade é:

“Ajudar a conquistar mais trabalhando com menos. Vai ajudar a identificar o que é realmente importante e a descartar o que não interessa”


Mais conteúdo sobre Minimalismo nas minhas redes sociais: Instagram Facebook | Pinterest

Se quiser saber mais sobre este método, aconselho a ir ao site ou a ler o livro do Ryder Carroll o criador do Bullet Journal.

Para ter sempre à mão tudo sobre o Bullet Journal guarde este artigo no Pinterest

Cláudia Ganhão | Especialista em Minimalismo

(Visited 856 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *