Prioridades: como defini-las sem dificuldade?

Prioridades: como defini-las sem dificuldade?

definir prioridades

De forma a organizarmos a nossa vida da melhor forma, é necessário definirmos prioridades.


A palavra “prioridade” vem do latim prior e faz referência à anterioridade de algo relativamente a outra coisa, seja em termos de tempo ou de ordem. Aquilo ou aquele que tem prioridade encontra-se em primeiro em comparação com outras pessoas ou coisas. (in https://conceito.de/prioridade)


O que são prioridades?

Prioridades e tempo andam juntos. Prioridade é o que vem em primeiro lugar, que tem mais importância e relevância. No nosso dia-a-dia, nem tudo tem a mesma importância e urgência, por isso é que é tão importante definirmos aquilo que realmente tem mais relevância para nós.

As prioridades são a nossa bússola.

O nosso foco deve estar sempre nas nossas prioridades. Quando priorizamos, estamos a tomar decisões com base naquilo que mais é mais importante.


O dia-a-dia atropela-nos: urgências, imprevistos, mudanças de planos e por aí fora! É a vida a acontecer e nós temos de nos ir adaptando para sobreviver, no entanto é fundamental que não nos deixemos atropelar definitivamente e que modo de vida em piloto automático não nos atinja!


Para isso, as nossas prioridades na vida têm de estar bem definidas.


Como definir prioridades?

Para podermos definir as nossas prioridades, é necessário conhecer quais são nossos objetivos  a médio e longo prazo e, a partir dos mesmos, concentrar esforços para os alcançar. Tudo isto sem nos dispersarmos com tarefas, situações e pessoas, e fazendo sempre escolhas conscientes e de acordo com as prioridades que definimos.


A definição de objetivos é um processo individual que deve ser feito e revisto de forma regular, pois existem fases na vida em que as prioridades se invertem e outras em que as mesmas se alteram – e está tudo bem com isso.

Sugiro-te que comeces por:

  • Definir o essencial na tua vida (a leitura deste artigo pode ajudar);
  • Definir os teus objetivos anuais, mensais e semanais para todas as áreas da tua vida; 
  • Viver o presente com atenção plena, introduzindo prática de mindfulness no dia-a-dia;
  • Fazer escolhas conscientes através da resposta a perguntas simples, tais como: 
    • Esta atividade/tarefa etc. vai aproximar-me de um dos meus objetivos?
    • Que benefícios terei se completar esta tarefa?
    • Preciso fazer isto agora ou pode ser adiado? 
    • Se eu não fizer, o que acontece?
    • Posso delegar ou passar para outra pessoa?

Em caso de dúvida podes usar algumas das ferramentas que mencionei no artigo: Ferramentas de produtividade e gestão do tempo.


Lembra-te: depois de identificares as tuas prioridades, é importante agir de acordo com as mesmas para não perder o foco e realmente alcançar os objetivos estabelecidos.


A realidade é que muitas pessoas deixam-se contagiar e conforme vão surgindo atividades, solicitações e afins, esquecem-se do que é prioridade e passam a abraçar novamente tudo o que vêem pela frente. Quando se dão conta, já estão longe daquilo que tinham estabelecido como prioridade. Concentra-te no que é essencial e organiza tudo o resto a partir deste ponto – só assim conseguirás manter o foco no que é realmente prioritário.


Lista de Prioridades

Melhora a forma como organizas o teu dia e geres o teu tempo com a ajuda desta Lista de Prioridades. Podes fazer o download gratuito no formulário abaixo.

.

Se gostaste deste artigo, guarda-o no Pinterest

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *